terça-feira, setembro 21, 2021

NO DEPOIS

 

Liberto-me…

Libertamo-nos

nessa paixão...

que ressoa 

intensamente 

na nossa pele…

E depois?...

Não,

não quero

falar no depois….


TELA DE LYNNE DAVIS

8 comentários:

  1. Las pasiones liberan a corto plazo. A la larga, o media, atan e incluso esclavizan. Todo es cuestión de saber controlarlas.

    ResponderEliminar
  2. É melhor não pensar no " depois ", porque o que interessa é o agora vivido intensamente, com paixão, seja no amor, seja em todas as outras acções do nosso dia a dia. E é isso o que te desejo, Marta, que os teus dias sejam intensos e vividos com alegria e saúde. Um beijinho e desculpa a ausência, sim?
    Emilia 🍃 ♥️

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde, Marta!
    Tem vezes que é melhor calar... deixar pra depois, viver o agora. Com certeza.
    Gostei do poema. Parabéns.
    Bjs, Marli
    Doce Sofrimento

    ResponderEliminar
  4. É muito perigoso, não pensar no depois...
    Srrssssssss... Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde de Outono, querida amiga Marta!
    A cada dia basta seu mal.
    Vamos viver o presente bem, teremos um futuro de êxitos.
    Tenha dias abençoados e aconchegantes!
    Beijinhos com carinho de gratidão

    ResponderEliminar
  6. Cuanta sensualidad!! precioso, beso.

    ResponderEliminar
  7. O depois logo se verá... o que importa é a intensidade da paixão no momento...

    ResponderEliminar

TODOS OS POEMAS DESTE BLOG SÃO UNICA E EXCLUSIVAMENTE DE MINHA AUTORIA (MARTA VINHAIS)

POEMA DE EUGÉNIO DE ANDRADE

Passamos pelas coisas sem as ver,
gastos, como animais envelhecidos:
se alguém chama por nós não respondemos,
se alguém nos pede amor não estremecemos,
como frutos de sombra sem sabor,
vamos caindo ao chão, apodrecidos.