terça-feira, setembro 21, 2021

NO DEPOIS

 

Liberto-me…

Libertamo-nos

nessa paixão...

que ressoa 

intensamente 

na nossa pele…

E depois?...

Não,

não quero

falar no depois….


TELA DE LYNNE DAVIS

8 comentários:

  1. Las pasiones liberan a corto plazo. A la larga, o media, atan e incluso esclavizan. Todo es cuestión de saber controlarlas.

    ResponderEliminar
  2. É melhor não pensar no " depois ", porque o que interessa é o agora vivido intensamente, com paixão, seja no amor, seja em todas as outras acções do nosso dia a dia. E é isso o que te desejo, Marta, que os teus dias sejam intensos e vividos com alegria e saúde. Um beijinho e desculpa a ausência, sim?
    Emilia 🍃 ♥️

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde, Marta!
    Tem vezes que é melhor calar... deixar pra depois, viver o agora. Com certeza.
    Gostei do poema. Parabéns.
    Bjs, Marli
    Doce Sofrimento

    ResponderEliminar
  4. É muito perigoso, não pensar no depois...
    Srrssssssss... Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde de Outono, querida amiga Marta!
    A cada dia basta seu mal.
    Vamos viver o presente bem, teremos um futuro de êxitos.
    Tenha dias abençoados e aconchegantes!
    Beijinhos com carinho de gratidão

    ResponderEliminar
  6. Cuanta sensualidad!! precioso, beso.

    ResponderEliminar
  7. O depois logo se verá... o que importa é a intensidade da paixão no momento...

    ResponderEliminar

TODOS OS POEMAS DESTE BLOG SÃO UNICA E EXCLUSIVAMENTE DE MINHA AUTORIA (MARTA VINHAIS)

POEMA DE SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN

Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua
Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua