quinta-feira, junho 30, 2022

DESAFIO JUNHO



Hoje

deixo que me envolvas

no teu manto sombrio

Hoje deixo

que fales sobre mim

no teu poema cheio de fúria,

de dor...

Ameaça o Vento

Assusta a Chuva

Mas lembra-te...

Eu volto amanhã

Glorioso...

POEMA ESCRITO EM 2015

O desafio deste mês é ser GLORIOSO/A.

Num poema, num texto veemente, vibrante de vida e amor...

Não há sombras, fúria ou dor....

A partir de " Eu volto amanhã... Glorioso" escrevam, surpreendam-me... e não se esquecem que é importante mencionar a frase " Mas lembra-te..."

Boa Sorte....


9 comentários:

  1. Gostei muito deste poema, os meus aplausos.
    Continuação de boa semana, querida amiga Marta.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  2. Muito lindo o poema,Marta! Trago aqui meu link da participação:

    https://duascabecase.blogspot.com/2022/06/sussurros-e-esperas.html

    beijos, ótimo dia! chica

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde Marta,
    Um poema maravilhoso, para um grande desafio!
    Um beijinho e continuação de boa semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  4. Um maravilhoso poema que me encantou, Marta
    Eis a minha participação:
    https://interagindocomosbichinhos.blogspot.com/2022/06/desafio-junho-de-marta-vinhais.html
    Um carinhoso abraço.
    Verena.

    ResponderEliminar
  5. Bom dia de sexta, querida amiga Marta!
    Deixemos a fúria alheia e amemos porque só o Amor faz sentido na curta vida que vivemos.
    Trago minha participação:
    https://amorazul01.blogspot.com/2022/07/amor-indestrutivel.html
    Tenha um final de semana abençoado!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. «Hoje estás apático e insensato.
    Não há em ti
    Sombras, fúria ou dor!
    Porém, voltarei amanhã...
    Sei que depois de meditares
    Estarás radiante.
    Glorioso,
    Como um Sol.»

    Beijinhos
    ~~~~


    ResponderEliminar
  7. https://mineirinho-passaredo.blogspot.com/2022/07/triste-missao.html

    Boa noite Marta!
    Minha participação amiga.
    Belo desafio e poema tema.
    Beijo e paz num feliz fim de semana

    ResponderEliminar
  8. Eu volto amanhã... glorioso / Se o tempo estiver do meu lado / Pois há algo de misterioso / em tudo o que é inesperado!

    ResponderEliminar

TODOS OS POEMAS DESTE BLOG SÃO UNICA E EXCLUSIVAMENTE DE MINHA AUTORIA (MARTA VINHAIS)

POEMA DE SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN

Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua
Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua