quinta-feira, junho 30, 2022

DESAFIO JUNHO



Hoje

deixo que me envolvas

no teu manto sombrio

Hoje deixo

que fales sobre mim

no teu poema cheio de fúria,

de dor...

Ameaça o Vento

Assusta a Chuva

Mas lembra-te...

Eu volto amanhã

Glorioso...

POEMA ESCRITO EM 2015

O desafio deste mês é ser GLORIOSO/A.

Num poema, num texto veemente, vibrante de vida e amor...

Não há sombras, fúria ou dor....

A partir de " Eu volto amanhã... Glorioso" escrevam, surpreendam-me... e não se esquecem que é importante mencionar a frase " Mas lembra-te..."

Boa Sorte....


9 comentários:

- R y k @ r d o - disse...

Poema encantador que me fascinou ler.
.
Cumprimentos cordiais
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

Jaime Portela disse...

Gostei muito deste poema, os meus aplausos.
Continuação de boa semana, querida amiga Marta.
Beijo.

chica disse...

Muito lindo o poema,Marta! Trago aqui meu link da participação:

https://duascabecase.blogspot.com/2022/06/sussurros-e-esperas.html

beijos, ótimo dia! chica

Ailime disse...

Boa tarde Marta,
Um poema maravilhoso, para um grande desafio!
Um beijinho e continuação de boa semana.
Ailime

Verena disse...

Um maravilhoso poema que me encantou, Marta
Eis a minha participação:
https://interagindocomosbichinhos.blogspot.com/2022/06/desafio-junho-de-marta-vinhais.html
Um carinhoso abraço.
Verena.

Roselia Bezerra disse...

Bom dia de sexta, querida amiga Marta!
Deixemos a fúria alheia e amemos porque só o Amor faz sentido na curta vida que vivemos.
Trago minha participação:
https://amorazul01.blogspot.com/2022/07/amor-indestrutivel.html
Tenha um final de semana abençoado!
Beijinhos

Majo Dutra disse...

«Hoje estás apático e insensato.
Não há em ti
Sombras, fúria ou dor!
Porém, voltarei amanhã...
Sei que depois de meditares
Estarás radiante.
Glorioso,
Como um Sol.»

Beijinhos
~~~~


Toninho disse...

https://mineirinho-passaredo.blogspot.com/2022/07/triste-missao.html

Boa noite Marta!
Minha participação amiga.
Belo desafio e poema tema.
Beijo e paz num feliz fim de semana

José Alex Gandum disse...

Eu volto amanhã... glorioso / Se o tempo estiver do meu lado / Pois há algo de misterioso / em tudo o que é inesperado!