segunda-feira, julho 04, 2022

SER

 

Quem sou eu hoje?...

Hoje, em que 

não há palavras

escritas ou ditas

e as próprias cores 

escondem-se

na sombra….



DE DUONG QUOC DINH

9 comentários:

  1. "" SER ou não SER, eis a questão ""
    .
    Cumprimentos … uma semana feliz
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
  2. Lindo!
    ...Tenho dias que não sei quem sou!!
    -
    Obstáculos do caminho...

    Beijos e uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  3. Importante saber ser (y sobre todo estar) en el lado umbrío de uno mismo.

    ResponderEliminar
  4. Passei para desejar uma semana feliz!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira

    ResponderEliminar
  5. Boa Tarde Marta
    Um poema, que é um estado de alma comum a todos nós.
    Há dias assim, em que não sabemos nada de nós.
    Desejo uma boa semana com muita saúde e boa disposição.
    Um beijo
    :)

    ResponderEliminar
  6. Suele pasar a veces que no sabemos por y para que---
    Afortunadamente siempre nos encontramos cuando profundizamos en nuestro yo y nuestros afectos
    Me ha encantado leerte
    Un abrazo

    ResponderEliminar
  7. Olá, querida amiga Marta!
    Quando nos escondemos, nos encontramos.
    Tenha um dia abençoado!
    Beijinhos com carinho fraterno

    ResponderEliminar
  8. Há dias em que as sombras abafam as cores e escondem as palavras...

    ResponderEliminar

TODOS OS POEMAS DESTE BLOG SÃO UNICA E EXCLUSIVAMENTE DE MINHA AUTORIA (MARTA VINHAIS)

POEMA DE SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN

Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua
Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua