DESCOBERTA

 

Esta noite…

inspira-te…

no prazer…

Descobre-o

na palma

das tuas mãos…

pinta-o

nas minhas mãos…

e depois…

volta a inspirar-te…

e a reclamar

o meu corpo….


Poema escrito em Abril 2024 por MV@MartaVinhais@


Foto de autoria de Brooke Shaden


Comentários

Fackel disse…
Ah, la sabiduría amorosa de las manos...
Roselia Bezerra disse…
Bom domingo de Paz, querida amiga Marta!
Seus poemas são vibrantes...
Tenha uma nova semana abençoada!
Beijinhos com carinho fraterno
chica disse…
Maravulhoso poema, Marta! Lindas descobertas sempre! beijos, ótima semana, chica
Teresa Silva disse…
Poema simplesmente fabuloso! Os meus parabéns!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram
O que queremos, no mínimo, é uma mão na nossa mão.
Um abraço.
Cléo Gomes disse…
Olá, Marta!
Num tempinho frio como hoje, uma descoberta assim esquentaria bastante.

Até, querida!
Poema que vibra com a paixão e com a ternura do toque amado. Bom final de domingo. bjsss
"e depois…

volta a inspirar-te…

e a reclamar

o meu corpo…."

Parabéns, os teus poemas estão ao nível do melhor que os poetas portugueses fazem ou fizeram. Muitos parabéns, ainda por cima num Dia tão especial
J.P. Alexander disse…
Profundo y bello poema. Te mando un beso.
Toninho disse…
Nada mais provocante que o encontro de quereres.
Lindo poema Marta.
Com amor tudo fica mais lindo sempre Marta.
Parabéns pela passagem de seus aniversário.
Bjs e feliz semana
hanna disse…
Un poema encantador que vivra en tus letras. Un abrazo

Mensagens populares deste blogue

NAS MINHAS MÃOS

GRITO

O QUE PERDI