segunda-feira, janeiro 03, 2022

ABRAÇO

 

Abraço-me

ao Vento…

e escrevo

o meu nome

na Lua…

Derramo

cores no arco-íris…

mas depois…

viajo

pela sombra...


FOTO DE DUONG QUOC DING

9 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Tanto o poema como a foto são uma beleza!:)

Beijos. Bom Ano e uma excelente semana.

Paula Saraiva disse...

Poema e foto lindíssimo.

Beijinhos e uma boa semana

hanna disse...

Precioso y sentido poema. Beso

© Piedade Araújo Sol (Pity) disse...

Marta

Belas matáforas, para um belo poema.
Imagem de Duong Quoc muito a condizer com as suas palavras.
Continuação de boa semana com saúde e harmonia.
Beijinhos
:)

Ailime disse...

Boa tarde Marta,
Um poema magnífico!
Por vezes as sombras teimam em perseguir-nos!
Nada como sorrir ao sol!
Beijinhos e bom 2022 com saúde e paz.
Ailime

Fackel disse...

Estamos hechos de sombra también. Y los colores a veces engañan.

Jovem Jornalista disse...

Belas palavras!

Boa semana e Feliz Ano Novo!


Jovem Jornalista
Instagram

Até mais, Emerson Garcia

Roselia Bezerra disse...

Que bonito abraço a si mesma, querida amiga Marta!
Tenha um novo ano abençoado e também toda sua família!
Beijinhos 😘

Sofá Amarelo disse...

Viajar pela sombra nem sempre significa que não se possa abraçar o vento ou escrever o nome no lado de sombra da Lua...