quinta-feira, abril 14, 2022

DESAFIO EXTRA PÁSCOA

 

Esta noite,

procuro consolo na escuridão.

Como se aí encontrasse a resposta ao que só eu posso decidir.


Tenho a vida às avessas. Novamente.


Tenho vontade de amaldiçoar o Vento,


os Deuses no Olímpio, sei lá mais quem…


Mas é agora.


Neste momento, em que a noite se fecha em mim


e fico à mercê dos meus fantasmas.


Porque tenho fantasmas. Aprendi a viver com eles.


E aparecem sempre que perco uma batalha.


Como se eu fosse cobarde e não apenas humana…


Porque tenho medo…



POEMA ESCRITO E PUBLICADO EM 2012



O desafio é simples:

Podem divagar sobre o que vos sugere o poema, mas esta frase tem que ser incluída:

" como se eu fosse cobarde e não apenas humana..."

Boa Sorte.... 

Boa Sexta-Feira Santa e que a Paz reine no Mundo....

9 comentários:

chica disse...

Medos e fantasmas deles...
Linda poesia,Marta! Deixo aqui minha participação:

https://maresdachica.blogspot.com/2022/04/blog-post_14.html

beijos, FELIZ PÁSCOA! chica

Cidália Ferreira disse...

desejo aos que participam, boas inspirações.
--
Em cada pétala pode ter um verso

Beijos e uma tarde

- R y k @ r d o - disse...

Dou os parabéns a quem participar neste belo desafio
Votos de uma Páscoa muito feliz, extensivos à sua família.
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de tríduo pascal, querida amiga Marta!
Trago minha participação:
https://www.escritosdalma.com.br/2022/04/alem-das-maldicoes.html
Bonito seu poema, com instigante desfecho.
Tenha dias no percurso pascal abençoados!
Beijinhos carinhosos e fraternos

Paula Saraiva disse...

Votos de uma Páscoa muito feliz!

Beijinhos

natureza de poeta disse...

Desejo uma Feliz Páscoa junto a sua família.
Um abraço

Roselia Bezerra disse...

Boa tarde de paz, querida amiga Marta!
Desde ontem pus meu comentário com o link aqui:
https://www.escritosdalma.com.br/2022/04/alem-das-maldicoes.html
Não sei porque não entrou.
Tenha um percurso pascal abençoado!
Beijinhos

Lúcia Silva Poetisa do Sertão disse...

Belo e profundo poema! Fantasmas tem muitos no nosso viver, devemos espantá-los logo para não nos impedir de sermos felizes!
Abraços fraternos!

hanna disse...

Preciosas y profundas letras! Beso