quinta-feira, outubro 21, 2021

FAMINTO



Esta noite…

reescreve-me

no teu abraço…

E, não…

não quero saber…

se repetes 

vezes sem conta

as palavras…

no meu corpo faminto…






 

FOTO DE SLEVIN AARON

8 comentários:

babYpose disse...

Sometime i wanted to express the same. Thank you. Happy greetings

chica disse...

Lindo pedido de amor! beijos, chica

Jaime Portela disse...

Há abraços que carregam milhões de palavras...
Excelente poema, gostei imenso.
Continuação de boa semana, querida amiga Marta.
Beijo.

" R y k @ r d o " disse...

Um abraço sentido vale por mil palavras.
.
Saudações poéticas.
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

hanna disse...

Bello poema, un grito de amor. Beso

Fackel disse...

No siempre las palabras nutren, pero engañan el hambre.

José Alex Gandum disse...

Que as palavras se repitam muitas vezes num abraço...

Majo Dutra disse...

Aqui há coloração rubra...

Ainda ando sentida por não ter aparecido na comemoração do meu aniversário...

Abraço
~~~