quinta-feira, dezembro 09, 2021

PALMA DA MÃO

 

Escrevo

o teu nome...

na palma

da minha mão…

na vã esperança

de que o Sol

o leia

e to sussurre

ao teu ouvido…



TELA DE TINA SPRATT

7 comentários:

Jaime Portela disse...

Antes que a chuva o leve...
Belo poema, gostei.
Continuação de boa semana, amiga Marta.
Beijo.

" R y k @ r d o " disse...

Lindíssimo
Cumprimentos poéticos

Roselia Bezerra disse...

Boa tarde de muita paz, querida amiga Marta!
O sussuro acontece pela consciência que dá o alerta ao 💙...
Lindo poetar!
Tenha dias pré Natal abençoados!
Beijinhos carinhosos e fraternos

Cidália Ferreira disse...

Gosto!! :))
*

Votos de uma boa tarde! :)

Fackel disse...

Las lecturas solares son muy ardientes; el astro puede eclipsar a los amantes; fundir a los ansiosos; hacer que los habitantes de la Tierra prescindan de sus zonas de sombra donde todos nos refugiamos alguna vez.

Majo Dutra disse...

Essa luminosa esperança!

Belo! Beijos
~~~~~

hanna disse...

Precioso lleno de luz!! Beso