quarta-feira, dezembro 01, 2021

NADA SOBRE MIM

 

Qualquer poema

continua a ser

possível…

Mesmo quando

nada diz… 

sobre mim…



FOTO DE SLEVIN AARON

7 comentários:

Jaime Portela disse...

Pode haver bons poemas sem palavras...
Uma visão interessante do poema, gostei.
Continuação de boa semana, amiga Marta.
Beijo.

Majo Dutra disse...

~~~
Triste, mas expressivo e belo!

Um Dezembro feliz num advento pleno de paz e esperança. Beijos
~~~~~~~

- R y k @ r d o - disse...

Existem silêncios, sem palavras, que são verdadeiros poemas.
.
Cordiais cumprimentos
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

Lua Singular disse...

Oi Marta
Você é inteligente e isso incomoda.
Vá em frente, a vida continua
Beijos no coração
Lua Singular

© Fanny Costa disse...

Nem sempre os poemas espelham a nossa vida e as emoções neles transmitidos.
O poeta é um fingidor, já dizia o nosso Fernando Pessoa!
Beijinhos 😘

Fackel disse...

Pues es importante que el poema diga. Sobre cualquier manifestación del mundo.

José Alex Gandum disse...

É a diferença entre poemas com conteúdo e poemas sem conteúdo... se bem que por vezes a poesia troque as voltas a quem escreve e a quem lê...