terça-feira, dezembro 06, 2022

ESTRANHA

 

Continuo…

a ser uma estranha

em terra de estranhos…

Suspiro pela Noite…

E nela…

(na Noite)

escrevo e reescrevo…

sem Medo…

todos os meus sonhos

e os meus desejos….


Dezembro 2022


FOTO DE PAUL APAL'KIN

6 comentários:

chica disse...

A noite é boa parceira pra escritas.... Lindo,Marta! beijos, chica

- R y k @ r d o - disse...

Poema deslumbrante, fascinante de ler.
.
Uma semana feliz … Cumprimentos poéticos
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

Cidália Ferreira disse...

Gostei bastante!!
.
Gosto da minha solidão ...
.
Beijo
Votos de uma boa noite

Fackel disse...

Tiene su atractivo seductor ser extraña en tierra de extraños.

Majo Dutra disse...

Não é bom viver só de sonhos e desejos...

Porém, o poema é muito belo.

Dias de dezembro muito agradáveis. Beijinho.
~~~~~~~~~~

Pintor de Palavras disse...

Na noite nos encontramos com os nossos sonhos
Bjs