quinta-feira, janeiro 31, 2013

GRITE


Algures, por aí, está a minha história...
A minha história sobre um castelo no céu, onde nada morre....

Por aí, algures, abro as asas e enlaço as palavras....
Esvoaço pelos confins do Mundo; espalho-as em contos de piratas, suspiros de amor, paixões frenéticas...

Algures, por aí, alguém deu-me um nome...
Sinto-lhe a tristeza do sorriso, mas não lhe conheço a voz....
Espero que diga o meu nome bem alto...
Assuste o próprio Vento e agite o Mar....
Mas que o GRITE para que eu possa terminar a minha história e fique no castelo no céu....
Onde tudo é eterno, porque nada morre....
Apenas recomeça....

Foto da Casa das Letras

segunda-feira, janeiro 28, 2013

TEXTO DE AMOR




Da Página “Art-Che Photo”


Este é um texto de amor...
O amor com que sonhas....Não o que vives...
O que nunca envelhecerá nas tuas memórias...Não o que se perdeu na amargura do tempo...
O que te fez dormir com um sorriso misterioso nos lábios....Não o que te fez chorar na escuridão...

Não sei falar de amor....Não hoje que a vida está num limbo …
Não hoje quando não sei o que é mais frustrante - não saber se hoje é o fim de tudo o que tenho e  contar apenas com a brisa amanhã....

Este poderá não ser um texto de amor....
É o que eu consigo escrever...
Hoje....
Porque hoje é tudo o que tenho...............