sexta-feira, março 14, 2008

INSIGNIFICANTE

Tudo vem me lembrar que tu fugiste,


Tudo que me rodeia de ti fala.


Inda a almofada, em que pousaste a fronte


O teu perfume predileto exala


No piano saudoso, à tua espera,


Dormem sono de morte as harmonias.


E a valsa entreaberta mostra a frase


A doce frase qu'inda há pouco lias.





Excerto de Horas de Saudade de Castro Alves



O meu comentário???


Lembrar pormenores insignificantes...

Fazem parte da rotina...

No entanto, os mais importantes....

Infiltram-se...nem damos conta disso...

Só mesmo quando deixam de fazer parte de nós...

Aí...a saudade inunda-nos.....

e torna-se numa memória...........

Com lágrimas e sorrisos à mistura.....

terça-feira, março 11, 2008

MAIS SIMPLES QUE

Amo-te".



Cinco letras pequeninas,
Folhas leves e tenras de boninas.
Um poema d'Amor e felicidade!
Não queres mandar-me esta palavra apenas?
Olha, manda então..brandas...serenas
Cinco pétalas roxas de saudade.."



Florbela Espanca, "Escreve-me"****




O meu comentário???


Tão complicado dizer "amo-te"....

Medo? De confessar o que é tão simples???

Triste é a saudade e disso fala-se abertamente...

Porque o Amor está presente em tudo...

As cores têm que ser alegres...

E as rosas completamente floridas....

Para perfumar tudo....

Há sempre qualquer coisa diferente....

E isso é sentir Amor...........


*****Já publicado no blog, mas comentário reescrito....

BREVE

Somos folhas breves onde dormem


as aves de sombra e solidão.


Somos só folhas e o seu rumor


Inseguros, incapazes de ser flor


até a brisa nos perturba e faz tremer.


Por isso, cada gesto que fazemos,


cada ave se transforma noutro ser





Eugénio de Andrade - Somos folhas breves****




O meu comentário???


Breve passagem no Mundo?


Voar, então....alimentar a alma...


Enriquecer-nos...ao mundo também....


Conseguir dizer o que se pensa em pequenas palavras...


Sentidas....


chegar até ao outro lado do horizonte....


Tocar o coração de alguém....


Não se está na sombra...nem sozinho....


Vive-se nas asas do sonho, do mundo...


mesmo que seja breve.......




****Já publicado no blog, mas o comentário

domingo, março 09, 2008

ALEGRIA

Uma festa



Uma alegria contagiante no ar

As luzes coloridas, a brilhar

Uma música da moda a tocar

Todos animados, a dançar

Pelo jeito ninguém quer parar

Esse momento mágico, querem aproveitar

Ruim é saber que isso uma hora vai acabar

A magia vai cessar

A música vai se calar

A luz vai desligar

O sol vai raiar

Um dia normal vai começar!


Clarice Pacheco

O meu comentário???
Fica um momento...uma memória...
Trará sempre risos...
A música entoada....
Vezes sem conta....
Até cansar....
Até haver uma outra festa....
ainda mais exuberante....
Mais contagiante....
Porque viver com alegria....
é viver com o prazer de estarmos vivos....