quarta-feira, fevereiro 17, 2016

O PORQUÊ



Não sei
Não posso dizer o porquê
de ter acordado nos teus sonhos
Iludindo o tempo...
E iludindo-me...

Não sei explicar
Porque não posso descrever
um arco perfeito
Nem sobrevoar tranquilamente o mar...

Sei apenas que estou triste
Que me pinto de sombras
e que oculto sorrisos...



DE KOSTAS RIGOULA TSIRIS

domingo, fevereiro 14, 2016

O NADA



Hoje
fala-se de tudo
De tudo o que termina em “mente”
Desde o toque doce nos lábios
às mãos inquietas que despertam a pele
E depois... não falar de nada
E sentir simplesmente como o corpo
explode de prazer...



DA PÁGINA DISCOVER ART