sábado, maio 14, 2011

SONHO

Imagine there's no heaven


It's easy if you try

No hell below us

Above us only sky

Imagine all the people

Living for today

Imagine there's no countries

It isn't hard to do

Nothing to kill or die for

And no religion too

Imagine all the people

Living life in peace

You may say

I'm a dreamer

But I'm not the only one

I hope some day

You'll join us

And the world will be as one

Imagine there's no heaven

It's easy if you try

No hell below us

Above us only sky

Imagine all the people

Living for today

Imagine there's no countries

It isn't hard to do

Nothing to kill or die for

And no religion too

Imagine all the people

Living life in peace

You may say

I'm a dreamer

But I'm not the only one

I hope some day

You'll join us

And the world will be as one

Imagine no possessions

I wonder if you can

No need for greed or hunger

A brotherhood of man

Imagine all the people

Sharing all the world

You may say,

I'm a dreamer

But I'm not the only one

I hope some day

You'll join us

And the world will live as one

de John Lennon

O meu comentário????

Utopia ou não....
A verdade dos factos é essa...
Tudo seria mais fácil
se o tempo fosse vivido
e não deturpado em traições,
denúncias ou acusações...
Quem não gosta de sonhar???
Porque não viver esses sonhos???
Mesmo que seja apenas por segundos....
E, se há quem ache que
o verde é a cor da esperança,
estarei errada, se quiser,
que seja o amarelo???
Que o abraço
me seja dado sempre...
Não apenas
porque o pior pode acontecer.....


Para o meu Pai,
internado no Hospital,
com um grande ponto de interrogação

quarta-feira, maio 11, 2011

CALOR DO SOL

Praia do Esquecimento


Fujo da sombra; cerro os olhos: não há nada.

A minha vida nem consente

rumor de gente

na praia desolada.



Apenas decisão de esquecimento:

mas só neste momento eu a descubro

como a um fruto rubro

de que, sem já sabê-lo, me sustento.



E do Sol amarelo que há no céu

somente sei que me queimou a pele.

Juro: nem dei por ele

quando nasceu.



David Mourão-Ferreira, in "Tempestade de Verão"

O meu comentário???
Esquecidos que estamos de nós próprios....
Envoltos em pensamentos desesperados...
Poderá o Sol não ser a cura de tais males....
Mas não nos denuncia se chorarmos...
Se deixarmos que todo esse desespero fale....
Para que a alma fique tranquila
e saiba que poderá haver uma resposta.....
No calor do Sol...
No calor da Vida.....