sábado, abril 21, 2007

ALÉM


ALÉM DA TERRA, ALÉM DO CÉU

Carlos Drummond de Andrade

Além da Terra, além do Céu,
no trampolim do sem-fim das estrelas,
no rastro dos astros, na magnólia das nebulosas.
Além, muito além do sistema solar,
até onde alcançam o pensamento e o coração,
vamos!
vamos conjugar o verbo fundamental essencial,
o verbo transcendente,
acima das gramáticas e do medo e da moeda e da política,
o verbo sempreamar,
o verbo pluriamar,
razão de ser e de viver.
O meu comentário???
Sensação de amar...
De estar viva...............
Glória total.....
Fechar os olhos e respirar fundo...
Tranquilidade...encontrar o essencial............
Amar tudo - principalmente a nós próprios
e em nós encontrar o amor para dar.............
Muito....................
A vida.........................................
P.S.: O COM AMOR tem uma nova cara - espero que gostem.....................

segunda-feira, abril 16, 2007

DOIS LADOS DA MESMA MOEDA

TRADUZIR-SE de

Ferreira Gullar
Uma parte de mim é todo mundo:
outra parte é ninguém:
fundo sem fundo.
Uma parte de mim
é multidão:outra parte estranheza
e solidão.
Uma parte de mim
pesa, pondera:outra parte
delira.
.....

O meu comentário??
Os 2 lados da mesma moeda:
Os extremos....
A vontade louca de partir numa aventura...
A verdade triste de pensar no dia seguinte.......
Refrear, reconsiderar, rever...
Simplesmente palavras ou pensar com cabeça ?
Pensar com o coração
e recusar ouvir a voz séria da cabeça...
O que fazer, então???