sábado, dezembro 28, 2013

NADA




Posso deixar que a brisa
guie os meus passos…

Posso traçar linhas paralelas
à do horizonte e não seguir nenhuma….

Posso fazer mil coisas ao mesmo tempo,
mas se não te encontrar…
.não tenho nada...



DE RICHARD BURLET “OPEN ART GROUP”