sábado, fevereiro 25, 2017

DESTINO INCERTO



Nada a declarar
neste Reino tão triste,
de destino incerto...

Quem?
Quem nos abandonou?

Aqui...
Neste deserto de mágoas,
neste buraco sombrio...

Ou estarei tão sozinha
que desconfio de tudo e de todos?
Vivendo apenas no passado...


DE SANTIAGO CARBONELL

terça-feira, fevereiro 21, 2017

ROSA



Rosa...

Sou um mistério de beleza e de aromas
Escrevo-me no olhar
e decifro-me na pele...

E depois?
 
Desapareço discretamente
num rastro de pétalas envelhecidas...


"ROSICA" MARK ASHNAZI

sexta-feira, fevereiro 17, 2017

ONDA




Ah,
se eu pudesse ser uma onda
E soletrar o meu nome mágico na areia…

Por vezes pergunto a mim mesmo
Se os dias seriam perfeitos, felizes…

Ou se tudo é um sonho,uma quimera…


Pois será que o meu destino
É ser uma estranha à própria vida?





DE HELEN SOTIRIADIS

terça-feira, fevereiro 14, 2017

NA PELE



Esta noite,
insinua-te à minha pele...
Não deixes que ela se cale
Chama-a alto e depois...
Esquece-te em mim...





BY CHRISTIAN MARTIN WEISS

sexta-feira, fevereiro 10, 2017

A TRANQUILIDADE




Não sei o porquê…
O porquê de hoje as nuvens
ameaçarem a tranquilidade do Azul…





FOTO DE JOSÉ ALEX GANDUM

terça-feira, fevereiro 07, 2017

NADA



Que nada se diga...
Que nada se declare...
Hoje, aqui,
no outro lado do silêncio...


DE ERNESTO GARCIA PENA

sexta-feira, fevereiro 03, 2017

PALCO DO ABSURDO




Este é o palco do absurdo…
Do que se diz ser impossível...
Mas o que é o impossível,
se tudo, um dia, se torna viável?



DE GULYAS LAZLO