sexta-feira, abril 06, 2007

ESQUECER


Eu, agora - que desfecho!
Já nem penso mais em ti...
Mas será que nunca deixo
De lembrar que te esqueci?
Espelho Mágico
Mário Quintana
O meu comentário???
Apaixonado continua...........
O tempo pode apagar a intensidade
com que se viveu esse amor..........
Mas não o que sentiu.........naquele momento...
A memória desperta-nos essas sensações,
essa dor, essa raiva, essa pena, esses desejos.............
Por isso, impossível esquecer totalmente o que, um dia nos alimentou..............

segunda-feira, abril 02, 2007

PRÓPRIO POEMA


Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto
alimentam-se um instante em cada par de mão
se partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,no maravilha
do espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...
de Mário Quintana


O meu comentário???

Identificamo-nos com o poema que lemos...

Às vezes, encontramos forma de escrever o nosso próprio poema....

As nossas mãos nunca estão vazias......

Porque acabam por ser as páginas

onde cada um de nós, à sua própria maneira

escreve o seu poema..........

Onde tudo o que somos se reflecte............

Num desejo ou em desespero....