sexta-feira, abril 02, 2010

SE SENTE

Olhas-me entre a surpresa e o desencanto
e eu fico embaraçado ante esse olhar;
nada podia perturbar-me tanto
como uns olhos roubados ao luar
das noites em que o tempo e o lugar
se faziam de espuma, luz e espanto.
Mas o que importa, sobre a ruinosa
erosão dos desenganos,
é esta força de quem ousa
amar-te acima do passar dos anos.
Poema de Torquato da Luz
O meu comentário???
Porque amar-te é isso....
Esquecer que o tempo existe...
Saber que o que perdura é o sentimento...
A esperança e a vontade...
De ver sempre no luar,
não o que se imagina,
mas o que sente...
Com a força que
se descobre em momentos....
Em fracções de segundos.....
De que nunca se fala.....
Porque, repito,
apenas se sente....