sábado, junho 02, 2007

VOZ

Há vozes nos corpos sem vida,
Há vozes no meu caminhar,
Há vozes no sono de meus filhos
E meu pensamento como um relâmpago risca
O limite da minha existência
Na ânsia de saber quem grita.
Mistério (excerto) de Adalgisa Nery
O meu comentário???
A voz da consciência??
Aquela que nos sufoca o pensamento??
Aquela que nos maltrata e diz sem dó e piedade "Bem que te avisei!"?
Ou a voz do coração?
Que nos aponta o caminho, suavemente?
Nos obriga carinhosamente a lutar?
Perdemos quando não as sabemos distinguir...
as ignoramos...
entre elas não sabemos navegar....
Porque não deixamos que nos amem...........

quinta-feira, maio 31, 2007

PARTILHAR

Repouso
Dá-me tua mão
E eu te levarei aos campos musicados pela
canção das colheitas
Cheguemos antes que os pássaros nos disputemos frutos,
Antes que os insetos se alimentem das folhas
entreabertas.
Dá-me tua mão
E eu te levarei a gozar a alegria do solo
agradecido,
Te darei por leito a terra amiga
E repousarei tua cabeça envelhecida
Na relva silenciosa dos campos.
Nada te perguntarei,
Apenas ouvirás o cantar das águas adolescentes
E as palavras do meu olhar sobre tua face muito
amada.
De Adalgisa Nery
O meu comentário??
Morte ou vida??
Silêncio....ou frenesim??
As duas coisas....
Poderá ser o repouso de
uma vida gasta, partilhada...
ou meramente
a necessidade de se parar para depois continuar...
Respira-no, entanto, uma ternura, uma serenidade que...
na morte e na vida
deve existir...
mas muitas vezes
não há.............

domingo, maio 27, 2007

POIS QUE SEJA

Poema natural


Abro os olhos, não vi nada

Fecho os olhos, já vi tudo.

O meu mundo é muito grande

E tudo que penso acontece.

Aquela nuvem lá em cima?

Eu estou lá,

Ela sou eu.


de Adalgisa Nery (excerto)
O meu comentário??
Por vezes, pensa-se que tudo se conhece...
Nada é um segredo - estamos imunes a tudo...
A verdade é que continuamos sem ter certezas......
Continuamos à procura de rumo....
Porque o mundo é muito grande......
Anos a fio até encontrarmos o nosso local...
Se for numa nuvem...pois que seja....