quarta-feira, fevereiro 10, 2010

FICAR

Eu sei quando te amo:
é quando com teu corpo eu me
confundo,
não apenas nesta mistura de
massa e forma,
mas quando na tua alma eu me
introduzo
e sinto que meu sangue corre
em ti,
e tudo que é teu corpo
não é que um corpo meu
que se alongou em mim.
Eu sei quando te amo:
é quando te apalpo e não te
sinto,
e sinto que a mim mesmo então
me abraço,
a mim
que amo e sou um duplo,
eu mesmo
e o corpo teu pulsando em mim.
"Poema para a Amiga (Fragmento 2)
" Affonso Romano de Sant'Anna
O meu comentário???
E quem sou eu realmente??
Quem faz totalmente
parte da tua vida...
Quem amas
apaixonadamente....
Sem dizeres verdadeiramente
as palavras,
mas fazes com
que as sintas
tão fortes
dentro de mim...
O meu corpo despido
sem o teu...
Sei, sim que me ames...
Sou muito mais
que uma sombra.
Vivo no teu sorriso,
liberto-me na tua alma...
As amantes diluem-se
no tempo...
Mas eu fico no teu...

segunda-feira, fevereiro 08, 2010

RESPOSTA A TUDO

Estou te amando e não
percebo,
porque, certo, tenho medo.
Estou te amando, sim, concedo.
mas te amando tanto
que nem a mim mesmo
revelo este segredo
"Amor e Medo" de Affonso Romano de Sant'Anna
O meu comentário???
Ter medo...
Por se sentir todo esse amor,
A transbordar no coração..
E, sim, não faz sentido...
Á primeira vista...é como um puzzle...
As peças não encaixam.....
Um labirinto...
Um oceano em fúria....
Uma noite na praia...
Amor é a resposta a nada...
é a verdade de tudo....