sábado, novembro 07, 2015

O MEDO



Não sei porquê...
O silêncio pode ser perverso...
Quando me prende ao medo
e quando lapida o meu tempo...
Esse tempo em que posso
sentir-te em mim
e que desperdiço a viver no medo...



De Christian Scholoe

terça-feira, novembro 03, 2015

NO OLIMPO




Esta noite...
Quero ficar escondida no Olimpo...
Quero invadir o teu espaço, o teu tempo...
Naufragar na tua pele e ser a praia do teu desejo...
E porquê esta noite?
Não sei..


De Jaroslow Datta