terça-feira, novembro 03, 2015

NO OLIMPO




Esta noite...
Quero ficar escondida no Olimpo...
Quero invadir o teu espaço, o teu tempo...
Naufragar na tua pele e ser a praia do teu desejo...
E porquê esta noite?
Não sei..


De Jaroslow Datta

7 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Esta noite, ou a próxima ou a outra a seguir ou todas as noites que estão para vir começando por esta noite... porquê esta noite... não vale a pena querer saber...

Daniel Costa disse...

Há certas questões que ninguém sabe, são inclusivas.
Beijos

Ailime disse...

Boa noite Marta,
Há momentos em que o amor se sobrepõe a todas as emoções!
Magnífico poema!
Beijinhos,
Ailime

Jaime Portela disse...

Há noites assim em que nos apetecem coisas boas...
Gostei imenso do seu poema, é magnífico.
Tenha um bom resto de semana, querida amiga Marta.
Um abraço.

Graça Pires disse...

Esta noite, sim... Porque o coração reclama.
Beijo.

© Piedade Araújo Sol disse...

não importa saber, há coisas que não tem explicação.
uma bonita prece!
beijinho
:)

Agostinho disse...

Será por haver Lua
será por não haver?
Ausente ou presente
interessa é o deus
que se sente