sábado, julho 11, 2015

O NADA



Não sei...
Quem,
ou o quê viaja no tempo...
Se o meu corpo físico...
Se as minhas memórias de hoje...
Ou simplesmente nada...


DESOLATION” KAREN KOSKI

quinta-feira, julho 09, 2015

O MUNDO



Este é um poema para colorir
Com as cores do arco-íris,
cores de rebuçado
que lembram a infância...
Despreocupada, feliz...

Talvez se possa esquecer assim
a maldade do Mundo...
Porque é o Mundo que se pinta
neste poema...sempre inacabado...


Da Página “Discover Art”

segunda-feira, julho 06, 2015

A COR DO SILÊNCIO



Se o silêncio é azul?... Não sei...
Sei a cor do meu silêncio...
E raramente é azul,
porque azul é a cor com que assino o meu nome...
Faz parte de mim... Aconchega-me...
Completa-me...
E nada mais há a dizer...


DE ANNE LEGGET “SEA SHELL SEEKER”