sábado, julho 11, 2015

O NADA



Não sei...
Quem,
ou o quê viaja no tempo...
Se o meu corpo físico...
Se as minhas memórias de hoje...
Ou simplesmente nada...


DESOLATION” KAREN KOSKI

3 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Tudo de nós viaja no tempo, quer queiramos, quer não... o tempo é simplesmente implacável...

Ailime disse...

Boa noite Marta, mais uma questão poética muito linda!
Tudo o tempo leva...
Um beijinho.
Ailime

Agostinho disse...

O nada é um espaço a ocupar.