quinta-feira, dezembro 29, 2011

O TEMPO

As pessoas não vêm para o abandono da rua
para serem felizes, só se for com um copo na mão
para festejarem uma passagem de ano. As pessoas
atravessam a ponte que separa duas vidas, ou dois modos
de vida, porque não têm alternativa, porque é este
o caminho que lhe resta.
E depois ninguém as vem procurar nem chamar à razão
para que reconsiderem e regressem.
Ninguém regressa, ao fim e ao cabo."

Extracto do livro de José Jorge Letria
"Coração sem abrigo" (recomendo a sua leitura)

O meu comentário???
É apenas mais um rosto...
Ninguém o trata mais pelo nome,
porque, e utilizando a expressão do autor,
ao fim e ao cabo,
temos medo de que
não haja mesmo alternativa.
E sejamos nós, um dia,
aquele rosto sujo
e com a dor espelhada nos olhos...
O que eu espero???
Que haja uma alternativa
 e que ninguém mais atravesse essa ponte...
Os melhores votos para 2012.....