sexta-feira, dezembro 25, 2009

ÁS AVESSAS

No espaço do meu corpo



há um cheiro a maçã verde



e eu habituei-me



a esperar-te inteira



à beira do tempo



enquanto as esquinas



se dobram de espanto.






Tu és a certeza nesta viagem



pelo amanhecer tranquilo



em que a madrugada se despe



das palavras quietas que cheiram a ti.






Eu sou a incerteza



da partida que sabe a desejo






"Poema para ti" de António Sem






O meu comentário???


A vida às avessas...

As partidas e os desejos...

Mas saber que estás presente...

Que me estendes a mão...

Que confias em mim e não me deixas sozinha...

Esperar....o tempo não me derruba....

Pois sei que me desejas tanto como eu te quero...

Sentir em cada momento da minha vida..

Nos abraços do meu corpo...

Em que se intensifica esse desejo....

terça-feira, dezembro 22, 2009

FESTAS FELIZES

O "COM AMOR " deseja a todos os seus amigos/comentadores
Festas Felizes

Cá nos encontraremos para descobrir
novos poemas,
novos autores,
novos desafios
Um brinde e um muito obrigada a todos que me visitam...