terça-feira, março 11, 2008

MAIS SIMPLES QUE

Amo-te".



Cinco letras pequeninas,
Folhas leves e tenras de boninas.
Um poema d'Amor e felicidade!
Não queres mandar-me esta palavra apenas?
Olha, manda então..brandas...serenas
Cinco pétalas roxas de saudade.."



Florbela Espanca, "Escreve-me"****




O meu comentário???


Tão complicado dizer "amo-te"....

Medo? De confessar o que é tão simples???

Triste é a saudade e disso fala-se abertamente...

Porque o Amor está presente em tudo...

As cores têm que ser alegres...

E as rosas completamente floridas....

Para perfumar tudo....

Há sempre qualquer coisa diferente....

E isso é sentir Amor...........


*****Já publicado no blog, mas comentário reescrito....

4 comentários:

Um Momento disse...

E como é tão belo tal sentimento quando saido de dentro na mais pura das emoções...

Deixo um beijo... no teu coração!

(*)

Verônica Martinelli disse...

"Cinco pétalas roxas de saudade.."

Saudade: dor que atormenta um amor eterno, amor eterno: dor que atorenta o infinito!

Tão verdadeiro!

Beijos.;;

Sol da meia noite disse...

Complicamos tudo o que é simples e belo... :(

Beijinhos

velaaovento disse...

Muita profundidade encontro neste post.
Sem dúvida uma divagação bem à altura da palavra Amor.

Beijinhos