sexta-feira, janeiro 07, 2005

COM AMOR

Porque amor é o que eu tenho de mais precioso na vida!
Deixo-vos este poema de PABLO NERUDA, que encontrei já nem me lembro onde, mas que guardei porque reflecte um pouco a minha alma:

POEMA XX - PABLO NERUDA -
"Vinte Poemas de Amor e uma canção desesperada".

Posso escrever os versos
mais tristes esta noite.
Escrever, por exemplo,
"A noite tem estrelas,
e, azuis, os astros tiritam
na distância".
O vento nocturno gira
no céu e canta.
Posso escrever os versos
mais tristes esta noite.
Eu amei-a e, por vezes,
ela também me quis.
Em noites como esta tive-a
nos meus braços.
Beijei-a tantas vezes sob o
céu infinito.
Ela quis-me e por vezes eu
também lhe queria.
Como não ter amado seus
grandes olhos firmes?
Posso escrever os versos
mais tristes esta noite.
Pensar que não a tenho.
E sentir que a perdi.
Ouvir a noite imensa, mais
imensa sem ela.
E o verso cai na alma qual
no prado o rocio.
Que importa que o meu
amor não pudesse guardá-la!
A noite tem estrelas e ela não
está comigo.
Alguém também me deixou sozinha!

1 comentário:

ALUENA disse...

VIDA FELIZ »» Estás mergulhado no oceano do amor de Deus. Jamais te encontras sozinho. Deus está em ti e em torno de ti. Descobre-O e deixa-te conduzir por Ele com sabedoria. És Seu herdeiro, possuidor do universo. Permite que o Seu amor te permeie totalmente, comandando a tua vontade e os teus passos, facultando-te crescer com menor ou nenhuma dose de sofrimento. Em Deus tudo encontras, plenificando-te completamente.
Joanna de Ângelis/Divaldo Franco