terça-feira, maio 10, 2005

SEM IMPOR

Tu dormes embalado nos rochedos
E aos meus ouvidos vem falar o vento
Escuto, busco , chamo e não respondes,
E todo o mundo se tornou fantasma

Tu dormes - Sophia de Mello Breyner Anderson

Sei exactamente do que se trata, Sophia - ele também nunca me respondeu.
Ou quando respondeu, foi impor condições que eu não podia aceitar!
Creio que, quando se fala de amor, não se impõe nada - dá!
Por isso, optei por ficar só!

1 comentário:

Carmem L Vilanova disse...

Nisso também acreditp, querida amiga!
Deixo-te hoje, um beijo cheio de saudades!