segunda-feira, junho 27, 2005

Á MÃE

POEMA À MÃE
No mais fundo de ti
Eu sei que te traí, mãe
Tudo porque já não sou
O menino adormecido
No fundo dos teus olhos

Isto é apenas parte do poema escrito por Eugénio de Andrade, no livro "Os Amantes sem Dinheiro".
Foi um amigo que me enviou - sem mais nada escrito!
Apenas o poema, uma simples homenagem ao poeta e a cada uma das nossas mães.

Sem comentários: