segunda-feira, maio 29, 2006

PERDER DE NOVO

Para ser grande, sê inteiro; nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive
de Fernando Pessoa (não sei como se chama. Encontrei-o na página 545 do Codex 632 de José Rodrigues dos Santos)

O meu comentário?
Nunca nos devemos anular!
Por muito incerta que a certeza possa ser, devemos ser procurar encontrar o lugar onde nos sentimos mais seguros, que nos permite criar, desenvolver a raiz do nosso ser.
Muitas vezes, esqueci-me disso; agora, não!
Seria perder tudo novamente e eu, já perdi demais para deixar escapar as novas oportunidades!

1 comentário:

Para ti disse...

Ainda bem que já não te esqueces disso!Quando tomamos consciencia do que perdemos , é sinal que crescemos e estamos aptos, a aproveitar tudo de bom que a vida nos trás.Abraço grande:)))