quarta-feira, novembro 15, 2006

AZUL

Bêbedo da luz pálidos dos teus olhos,
esvazio ainda o teu copo; e voltas
a enchê-lo, sabendo que é inesgotável
esta sede!
Amor de Nuno Júdice - do livro Pedro Lembrando Inês

O meu comentário??
O amor é inesgotável...
Perdemos dias, horas
a relembrar todos os passos,
todas as palavras e todos os beijos trocados...
Estamos, efectivamente bêbedos,
ávidos daquilo com que sempre sonhamos
e que obtivemos, por fim.......
Nem sempre...
Se atinge o céu e nos confundimos com o azul.....

3 comentários:

Janine Bettencourt disse...

Eu queria ter o céu... mas só tenho um pedacinho de ar.
Tens razão quando dizer que o amor é inesgotável e ainda bem que assim o é... pois pode magoar pode fazer-nos sofrer mas também nos faz feliz e torna-nos mais fortes!
Beijo,
Jana

Juda disse...

Olá, estou de viagem, navego ao encontro de outros ou outras que escrevem tal como eu o faço, parei aqui e gostei... um abraço...

Para ti disse...

saudável embriaguez... um beijo doce para ti