sábado, janeiro 06, 2007

RESPOSTA

Pudesse eu não ter laços nem limites
Ó vida de mil faces transbordantes
Para poder responder aos teus convites
Suspensos na surpresa dos instantes!
de Sophia de Mello Breyner Andreson - Pudesse Eu
O meu comentário??
Às vezes, acomodamo-nos.............
Outras, temos tudo
e não o apreciamos convenientemente..........
Nada nos surpreende,
nada nos alimenta a fantasia...........
Por isso, responder às surpresas,
aos instantes, gozar intensamente,
talvez seja a resposta........
Torna-nos mais fortes ou não????

2 comentários:

Alexandre disse...

Bom, esta quadra da Sophia tem uma força!!! No fundo, em poucas palavras está descrita a vida de cada um de nós: estamos sempre amarrados a algo e acabamos por ficar suspensos na surpresa dos instantes!

Não conhecia este poema mas vou decorá-lo! Estas frases são magníficas!!!!

Bel disse...

Pudesse eu não desejar sempre mais.
Vamos tornando-nos mais fortes?
Sim vamos ganhando ao longo dos tempos a capacidade de sabermos seleccionar o mais importante.
abraço