domingo, outubro 28, 2007

GOTA DE ORVALHO

Cecília Meireles

Rosa

"Tu és como rosto das rosas: diferente em cada pétala.


Onde estava o teu perfume?


Ninguém soube.


Teu lábio sorriu para todos os ventos e o mundo inteiro ficou feliz.


Eu, só eu, encontrei a gota de orvalho que te alimentava,


como um segredo que cai do sonho..."




O meu comentário???

Há momentos que são únicos...

Porque simplesmente acontecem......................

Não estavam escritos nos desejos,

na palma das mãos ou nas estrelas

Tornam-se, por isso, preciosos...

raros...

Completam-nos....

Tudo tão simples como uma gota de orvalho.....

Para que não se desista de viver.........

4 comentários:

Sol da meia noite disse...

Tens razão, Marta. Há momentos que são únicos, que ficam em nós e nos ajudam na caminhada...

Muitos beijinhos!

Pekenina disse...

Os momentos inesperados são, sem dúvida, os melhores. Aqueles que não planeamos mas que surgem do nada completanto o nosso dia. Eu aguardo pelos meus momentos, sem quaisquer expectativas. Toda a sorte do mundo para ti. Que os teus sejam em grande =)
Beijinho da,
Pekenina*

Sahmany disse...

E eu dou graças por estes momentos!
Abraço.

Barão Van Blogh disse...

As coisas sublimes surgem do inesperado , tal como este texto .



Um beijo poético ...