sexta-feira, abril 11, 2008

RESPEITO

Letra para um hino





É possível falar sem um nó na garganta


é possível amar sem que venham proibir


é possível correr sem que seja fugir.


Se tens vontade de cantar não tenhas medo: canta.





É possível andar sem olhar para o chão


é possível viver sem que seja de rastos.


Os teus olhos nasceram para olhar os astros


se te apetece dizer não grita comigo: não.





É possível viver de outro modo.


É possível transformares em arma a tua mão.


É possível o amor. É possível o pão.


É possível viver de pé.





Não te deixes murchar. Não deixes que te domem.


É possível viver sem fingir que se vive.


É possível ser homem.


É possível ser livre livre livre.





Manuel Alegre



O meu comentário???

Dizer não...sem medo...

Amar e vaguear pelo mundo, explorando cada recanto...

Sem saber exactamente o que se quer...

"Ao Deus dará", "Sem eira nem beira"...

algumas das expressões que ouvimos...

Talvez pensem que não se está a fazer nada...
não se está a viver...

Talvez seja isso um erro
e se esteja verdadeiramente a viver intensamente...

Respeitando convenções,
mas com o coração aberto...

Por saber quem é...

5 comentários:

Marta Ribeiro disse...

Eu nao sei o que quero nem o que aqui faço...tudo o resto é a vida que me proporciona

beijinho
bom fim de semana

Á flor da pele disse...

"por saber quem é..." essa é a questão mais difícil de resolver...feito isso, é mt mais fácil viver...
Fica um beijo

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida, belíssimo post... Parabéns!
Votos de bom fim de semana,
Beijinhos,
Fernandinha

Sol da meia noite disse...

Eu diria que este poema de Manuel Alegre é um convite à vida!
Quantas vezes descemos ao abismo, renegando um mundo que é nosso.
Quantas vezes nos aprisionamos, abnegando a liberdade.

Profundo este post.

Beijos

Mário Franco disse...

Manuel quase sempre Alegre,de for�a e convic�es, amor e cora�es...um ar fresco se avizinha.