terça-feira, janeiro 27, 2009

DESAFIO

Enquanto não superarmos

a ânsia do amor sem limites,

não podemos crescer

emocionalmente.


Enquanto não atravessarmos

a dor de nossa própria solidão,

continuaremos

a nos buscar em outras metades.

Para viver a dois, antes, é

necessário ser um.



O meu comentário???


Incompletos.....

Nem sempre entendemos

......o que é a solidão....

Um virús, uma doença....

Um estado de espírito?

Um desafio, um segredo?

Um sentimento.....

Exigente, duro, complicado....

Por isso, um desafio para vencer....

Como o fazer - um segredo....

Um estado de espírito a contrariar....

Uma dor a curar....

..........e deixar que o sangue circule novamente....

5 comentários:

pin gente disse...

é a força da razão que nos permite alcançar a ilusão.

Pierrot disse...

Vivenmos a vida a curar dores não?
E a vida sempre nos encarrega de enviar outras... e toca a relativizar a nossa vida pois se alguns problemas nossos serão trivialidades nos outros, os problemas dos outros serão refresco para nós, ou então, algo tão distante que nem damos a importância que é devida.
Bjos daqui
Pierrot

Rolando Palma disse...

Não, não e não.
Não quero ser completo,
Não quero chegar ao destino.
Não quero ter sempre razão.
Quando crescer até ao todo,
Quando virar a última esquina,
Quando conhecer o sim e o não...
Vou deixar de procurar,
Vou deixar de caminhar,
E esquecer que só o caminho tem sentido,
desafio, espírito.
Aceitar a meta é não querer correr mais.


http://entremares.blogs.sapo.pt

marta disse...

olá, venho convidar para conhecer o meu espaço novo.
Conjuga fotografias com textos... espero que goste de me visitar.
Comecei hoje mas espero poder andar por estes sítio muito mais tempo.
Beijo.
Marta.
http://marta-essence.mine.nu

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Marta...dois belos poemas...Espectacular...
Beijos