quinta-feira, novembro 19, 2009

O QUE SURPREENDE

Não amo
melhor
nem pior
do que ninguém...
Do meu jeito amo
ora esquisito, ora fogoso
às vezes, aflito
ou ensandecido de gozo.
Já amei
até com nojo
Coisas fabulosas
acontecem-me no leito. Nem sempre
de mim dependem, confesso.
O corpo do outro
é que é sempre surpreendente.
"O amor e o outro" poema de Affonso Romano de Sant'Anna
O meu comentário???
Não é só o corpo que surpreende..
Os gestos,
os risos,
os olhos também...
A entrega,
o desejo,
a paixão
que despertam os sentidos..
Amamos como sentimos...
Como tocamos...
Como a pele fala com a pele....
Simplesmente acontece...
Amar...

7 comentários:

Lumife disse...

Maravilhoso este Sant'Anna. Bj

Madalena disse...

:) *

uminuto disse...

e é essa surpresa que faz com que o amor possa ser sempre inovador
um beijo

Naty e Carlos disse...

Olá adorei passar por aqui.
bom final de semana
bjs

Vieira Calado disse...

O amar...

é como o mar!

Não precisa explicar!

Cumprimentos meus

Graça Pires disse...

O amor... Como definir uma forma de amar? Todos amamos como somos capazes. De corpo e allma.
Um beijo.

ஜ♥_Karolina_♥ஜ disse...

Olá,
estou visitanndo os blogs que participaram da blogagem coletiva.
Deixo meu abraço e parabéns pela criatividade de cada palavra.
bjus