terça-feira, setembro 06, 2011

ENCANTO

Amar Teus Olhos

Podia com teus olhos
escrever a palavra mar.
Podia com teus olhos
escrever a palavra amar
não fossem amor já teus olhos.

Podia em teus olhos navegar
conjugar os verbos dar e receber.
Podia com teus olhos
escrever o verbo semear
e ser tua pele
a terra de nascer poema.

Podia com teus olhos escrever
a palavra além ou aqui
ou a palavra luar,
recolher-me em teus olhos de lua
só teus olhos amar.

Podia em teus olhos perder-me
não fossem, amor, teus olhos,
o tempo de achar-me.

Carlos Melo Santos, in "Lavra de Amor"

O meu comentário???
Ou nada dizer...
Os olhos dizem tudo aquilo
em que nos perdemos...
Uma história verdadeira....
Os olhos encontram-se,
encantam-se....
Uma história de amor
escreve-se nos olhos....
Falam-te de amor, paixão, desejo,
de perdão, de raiva...
Ou de uma tristeza tão profunda,
da qual podem
nunca se despedir....
Mesmo que os ames
 com todo o teu ser....

4 comentários:

[in]con(s)ciência disse...

Lindo texto :)

so*

tecas disse...

Excelente replica ao poema « Amar teus olhos» do poeta Carlos Melo Santos.
Sublinho:«encantam-se....
Uma história de amor
escreve-se nos olhos....» Delicioso.
Bjito e uma flor, querida Marta.

Graça Pires disse...

"Os olhos dizem tudo aquilo
em que nos perdemos..."
Um excelente síntese do poema de Carlos Melo Santos.
Um beijo, Marta.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Penso que a linguagem
do olhar,
é a mais perfeita
de todas as linguagens...

Viver é sentir os sonhos
com o coração.