terça-feira, março 06, 2012

CANSADO

Estou velho e cansado.
O casco está podre e o mastro partido.
E os sonhos de ser um veleiro,
um navio de cruzeiro,
já nada significam.
Nunca me afastei desta praia
e estou a morrer aqui.
Na areia que tantas vezes beijei,
amei perdidamente por saber
que podia não regressar.
Este não é um regresso de herói.
Sobrevivo apenas.
Preso nas sombras do nevoeiro...




FOTO DE AUTORIA DE JOSÉ ALEX GANDUM 

4 comentários:

Mar Arável disse...

... e já é tanto

Sandra disse...

E sobreviver na velhice no lugar onde se foi feliz já é muito ...há quem não resista....
Beijo

Sonhadora disse...

Minha querida

Desejo que todos os teus dias...se vistam de amanhecer
Que a tua alma seja inundada de paz...amor e esperança
Que a felicidade encha de alegria o caminho a percorrer
Sorri sempre à vida...e nunca te esqueças de ser criança

Feliz dia da Mulher
Um beijinho com carinho
Sonhadora

Sofá Amarelo disse...

Mas quando o nevoeiro se dissipa, as cores ainda vivas realçam na maré quando expostas aos reflexos do Sol. E a ligeira brisa ondula as ondas que o fazem ser menino de novo...