sábado, agosto 25, 2012

PERGUNTAS E CORES






Há dias
em que só gosto do cinzento.
E de nevoeiro denso.
Se me escondo? Talvez..
Do quê? Não sei...
De quem? De mim própria?
Quem sabe?
A minha vida é feita de perguntas
e de cores...


Foto de Armene "Web"

5 comentários:

LUZ disse...

Olá Marta,

Espero que seja de muitas cores. O cinzento, raramente.
Perguntas? Todos nós fazemos e nos fazem, mas, assim, a vida tem mais interesse. Por vezes, penso que as pessoas andam "metidas numa redoma social". Será? Talvez.
Como não há painel de seguidores, informo-a de que postei no "Luzes e Luares".

Bom fim de semana.
Beijos da Luz, com carinho.

Sofá Amarelo disse...

Mesmo no meio do denso nevoeiro cinzento podem descortinar-se cores porque a vida é feita de... perguntas escondidas!

Daniel Costa disse...

Marta

Interessante proposta! Perguntas e cores!... A tua poética versatilidade, mais uma vez é patente.

Beijos

© Piedade Araújo Sol disse...

a vida é cheia de enigmas e cores.

beij

CamilaSB disse...

Quem nunca teve dias cinzentos, com perguntas sem resposta, e com vontade de se esconder? Eu já... mas depois vem um novo nascer do Sol e... acreditamos em nós mesmos descortinando outras cores...
São sempre lindos e interessantes os seus poemas, Marta! Beijinho :)