quinta-feira, outubro 18, 2012

ENTRE O CÉU E A TERRA







Estou aqui
No limite, na fronteira
Entre o Céu e a Terra

No Céu,
comando a minha Vida
Na Terra.....
Não tenho a certeza...
 
 
Foto de José Alex Gandum

5 comentários:

Daniel Costa disse...

Marte

Entre o céu e a terra, pensamento de ave!
Beijos

Sofá Amarelo disse...

Entre o Céu e a Terra há um limite que é a Vida, uma fronteira feita de sentidos e de certezas que a Vida, vale a pena viver... entre o Céu e a Terra!

Nilson Barcelli disse...

E quem é que tem certezas...?
Belo poema, querida amiga.
Beijo.

LUZ disse...

É o tal Paraíso, Marta.

Beijo da Luz.

O Profeta disse...

Sopram ventos de melancolia
Transparente é o cinza que a tua alma encerra

A minha pobreza é a falta de um par de asas
Encontrei um lugar de reinvenção das sombras
Pensei virar as costas ao tempo e ao deslumbramento
E aí houve estranhamente o amanhecer das minhas palavras

E passei para te deixar


Um mágico beijo