segunda-feira, abril 15, 2013

IRREMEDIAVEL



FOTO DO OPEN ART GROUP



Escondo-me no sopro do Vento.....

Escrevo sem palavras...Sem tempo.....

A memória é aquele momento....A chuva apaixona-se pelo Vento...

Eu continuo (irremediavelmente) apaixonada por ti................



4 comentários:

manuel marques Arroz disse...

Lá fora o vento
varre as estrelas
lágrimas voam
silêncio na noite
a lua
ao relento...

O vento
para lá e para cá
meu coração estremece
embalo no vento
abraço-te
e danço...

Beijo.

Sofá Amarelo disse...

É na escrita sem palavras que a memória se esconde no vento num sopro sem tempo, onde só chove irremediavelmente quando queremos ...

© Piedade Araújo Sol disse...

é tão estar apaixonada....

:)

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Na nossa memória, quando fechamos os olhos aparece tudo, bem alinhadinho como se tivesse sido escrito numa caligrafia perfeita; aparece tudo escrito sem palavras e sem tempo, pois quando fechamos os olhos para recordar temos todo o tempo do mundo. E lá vamos nós, pensando...recordando...sonhando e sempre tentando percorrer o nosso caminho irremediavelmente apaixonados pela vida...por nós e pelos outros. Belo, como sempre, Marta. Um beijinho e boa noite. Fica bem, amiga!
Emília