terça-feira, julho 16, 2013

GRATAS



HAND RIPPLE BY TOM SAWYER



Não sei qual a idade
em que podemos ser felizes....
Pensei
que o poderia ser sempre...


Enganei-me...

Há apenas momentos  
em que as memórias são gratas...
Os sorrisos têm uma razão para existirem....


E,
eu repito-me...
Em poemas, nem sempre felizes,
mas escritos com amor....



5 comentários:

Sofá Amarelo disse...

O importante é escrever poemas com amor, porque a felicidade está guardada nos sorrisos e nos momentos, apenas há que saber abrir essas gavetas para que ela saia, e deixe de ser apenas memórias...

Daniel Costa disse...

Marta

A felicidade é para todos os dias, para que o amor sempre aflore.
"COM AMOR"
Beijos

© Piedade Araújo Sol disse...

para se ser feliz não há idade.
e continua a escrever que escreves muito bem.
um beijo

;)

LUZ disse...

Olá, Marta!

E a repetição neste tema, é sempre pouca.

Beijos da Luz.

Smareis disse...


A felicidade não escolhe idade, ela é apenas momentos.
Adorei!
Beijos!