quinta-feira, outubro 24, 2013

DOSE DE LOUCURA

TELA DE STEFAN KUHN “FOR THE FIRST TIME”

Se é um poema louco?
Todos os meus poemas 
têm uma
certa dose de loucura
E,
sei que não desperdiço palavras
quando te seduzo
descaradamente...

5 comentários:

JP disse...

Até a vida tem a sua dose de loucura, logo a poesia não pode ser diferente...

Não são precisas palavras para seduzir. Por vezes um olhar chega...

Beijinho

Paixão Lima disse...

A Sedução é o ato de um louco num momento de lucidez.
Só os loucos são lúcidos.

Daniel Costa disse...

Marta

Descaradamente, o amor comporta mesmo uma dose de loucura.

Marta, já não há DANIEL MILAGRE, que deu lugar a: MILAGRE DA VIDA.
Beijos

Sofá Amarelo disse...

Não há poema suficientemente louco quando uma certa dose de loucura faz parte da sedução e das palavras loucas que nunca se desperdiçam...

Nilson Barcelli disse...

Poesia também é sedução.
E a sedução também é poesia...
Belo poema, gostei.
Marta, querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
Beijo.