sexta-feira, novembro 15, 2013

REAL




TELA DE VIDAN (DISCOVER ART)

A noite?
 
É o poema
que se insinua 
em palavras
que há muito
esqueci...
 
É a paixão da lua,
o prazer real
 com que me descrevo
na tua pele...

5 comentários:

JP disse...

A noite é sempre mágica...casa bem com a poesia, pela paixão da lua, pelas palavras que insinua, pelo que sentimos bem cá dentro...no peito :))

Beijinho

Sofá Amarelo disse...

A noite é a verdade, é quando acontece aquilo que o dia esconde e inibe... a noite é o tempo das insinuações, das paixões e das tatuagens descritas na pele...

Nilson Barcelli disse...

Há coisas bem melhores que as palavras...
Belo poema, gostei muito.
Marta, tem um bom fim-de-semana.
Beijo, querida amiga.

Daniel Costa disse...

Boa tarde Marta

Há bastantes especialistas a dizer que a boa poesia, é escrita em poucas palavras. No caso levas a palma. Olha-se a ilustração, faz-se a leitura e fica-se, mesmo com a sensação de estar em frente de uma alma poética.
Beijos

Ailime disse...

Boa noite Marta, depois de ler mais este poema genial subscrevo inteiramente o que Daniel Costa expressou. Beijinhos Ailime