quarta-feira, dezembro 04, 2013

FANTÁSTICAS







DE CIRO MORRONE



Este é um texto de sedução…

Escrevo-o nas horas do nada…

No outro lado do horizonte

Por entre histórias fantásticas...


5 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Ao primeiro impacto com o post, a imagem transmite logo a sensação de sedução, quiçá, o princípio de uma história fantástica... Depois, o texto culmina com a escrita nas horas do nada, num outro lado do horizonte...

Daniel Costa disse...

Marta

Sedução em alta, segundo deixas dito no teu interessante poema.
Beijos

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Os anos avançam e os seus sinais começam a aparecer, mas se dermos só importância ao nosso interior, á maneira como aceitamos essa experiência que é importante e é fruto desses anos com certeza que no meio das rugas aparece um rosto radioso e um olhar brilhante. É importante que saibamos entender que as " horas do nada " não são desperdício de tempo; elas são fundamentais para o nosso equilibrio interior e é nelas que conversamos com o nosso " eu " e ouvimos o que o nosso coração nos diz. E dessas " horas do nada " saiem sempre " histórias fantásticas ". Beijinhos, Marta e parabéns! Em poucas linhas consegues mensagens que nos levam a refletir. ! Fica bem!
Emília

O Puma disse...

Há HOMENS incomensuráveis

Nilson Barcelli disse...

Palavras fantásticas...
Marta, tem um bom fim de semana.
Beijinhos.