quarta-feira, novembro 11, 2015

NO TOPO DO MUNDO




Há muito...
que não escrevo um poema erótico...
Que se liberte na pele de quem o lê
e o faça sentir no topo do Mundo...
Pois há dias em que sou uma sombra
e não há palavras,
sensuais ou outras,
que me façam voar pelo prazer de me sentir...
erótica...


NUDE WOMAN IN A RIVER” DE MONICA & MICHAEL SWEET

5 comentários:

Mar Arável disse...

Belo texto e imagem

Bj

Sofá Amarelo disse...

O erotismo não tem hora marcada... e ainda bem, pois os poemas que se libertam na pele e nos fazem chegar ao topo do Mundo nascem da libertação e do saber usufruir os dias em que as sombras não escondem as palavras mas antes as fazem voar...

Graça Pires disse...

Pensar num poema erótico já traz o erotismo para o poema...
Um beijo, Marta.

Jaime Portela disse...

Nem sempre as palavras nos mostram o erotismo de um poema.
Mas, nas entrelinhas, ele está lá...
Gostei do seu poema, é magnífico.
Continuação de boa semana, querida amiga Marta.
Um abraço.

© Piedade Araújo Sol disse...


eu acho que a tua poesia tem sempre um toque qb não direi de erótico mas sensual.

gostei!

bom fim de semana.

beijinho

:)